Skip to content
Abrir Conta Digital

Fundo de investimento: O que é e como fazer um?

Pessoas que estudam educação financeira estão saindo da poupança para outras opções mais rentáveis, por exemplo, o fundo de investimento.

Investidores que procuram maior rentabilidade ou que querem diversificar suas fontes de renda estão aderindo ao FI. Além disso, nesse tipo de investimento, existe alguém especializado que está alinhado aos interesses do investidor.

Um FI é gerenciado por alguém qualificado que cuidará dos ativos do fundo.Por isso como muitas pessoas participam, as taxas administrativas são menores. Pois as Cotas são distribuídas entre as pessoas que investem nelas, os cotistas.

O que é um fundo de investimento?

Basicamente é um pacote de ativos financeiros com valorização variável. E cada investidor compra uma parte de um ou mais ativos e lucra com cada parte. Tais partes são administradas por uma empresa que cuida delas.

As empresas que administram esses fundos disponibilizam Cotas. São parcelas ou partes de um único fundo, e cada investidor adquire essas frações e lucra na mesma proporção.Logo, quanto mais cotas, maior o retorno.

Então, quota é a menor unidade de um fundo, seu valor varia, mas a quantia que cada investidor tem é dele. Porém, se a receita federal decidir recolher o imposto de renda fixa antecipadamente, ela pode recolher Cotas.

Todo fundo de investimento possui suas taxas para cobrir os custos de administração. Contudo, pode ser cobrada uma taxa de desempenho, pois o valor do fundo pode oscilar. O cuidado fica a cargo do administrador.

Entidades como CVM e ANBIMA fiscalizam, regulam e classificam essas atividades financeiras e os fundos é uma delas. Além disso, a Receita federal poderá recolher antecipadamente o imposto da renda fixa quando necessário.

Quais os tipos de fundo de investimento

Um FI se classifica mediante critérios tais como:

  • Quais ativos que exatamente compõem o fundo
  • Objetivo desse fundo, como imóveis, ações, títulos, etc.
  • Prazo de aplicação, que é o tempo necessário para o ativo render.

Há outras maneiras de se classificar um fundo de investimento, mas basicamente eles podem ser:

  • Investimentos imobiliários
  • Ações
  • Fundos de curto prazo
  • Renda fixa
  • Cambiais
  • Referenciados
  • Multimercado
  • Imobiliário
  • Fundos da dívida externa

Como fazer um FI?

Antes de tudo, o interessado precisa se planejar, ter uma meta financeira, conhecer seu perfil de investidor e entender que os fundos de investimentos são um meio de atingir seus objetivos de curto, médio ou longo prazo.

Quando estiver preparado com seus planos, o investidor deverá abrir uma conta em banco para transferir seu dinheiro para um fundo de investimento. Porém, corretoras também oferecem diversas opções de fundos.

Após abrir conta em banco ou corretora, e conhecer seu perfil e seu objetivo basta escolher o fundo mais adequado. Antes de tudo, o futuro cotista deve ficar atento aos custos operacionais e escolher o mais vantajoso.

error: Content is protected !!